© APEA Associação Portuguesa de Engenharia do Ambiente

REGULAMENTO

As Olimpíadas da Engenharia, este ano com o tema “A Economia Circular”, são uma iniciativa da APEA – Associação Portuguesa de Engenharia do Ambiente em co-organização com a ULHT – Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. As Olimpíadas da Engenharia pretendem dar a conhecer a temática da Economia Circular e incentivar o ensino da engenharia em Portugal. 

 

I - Disposições gerais 

 

1. As Olimpíadas da Engenharia “A Economia Circular” são um concurso no qual poderão concorrer todos os alunos de qualquer estabelecimento de ensino secundário oficial (10.º, 11.º e 12.º anos), particular ou de cursos tecnológicos com equivalência em Portugal. 

Estas Olimpíadas tomarão a forma de duas provas eliminatórias distintas. A primeira de carácter teórico, baseada numa prova de avaliação de conhecimentos, e a segunda com uma componente mais prática, concretizada sob a forma de pequenos vídeos digitais apresentando uma ideia inovadora ou reportando uma iniciativa que seja relevante na temática da Economia Circular.  

No decorrer das eliminatórias poderão existir tarefas surpresa que, embora não sejam obrigatórias, valem pontos para os lugares no pódio. 

As Olimpíadas da Engenharia “A Economia Circular” decorrerão no ano letivo de 2016/2017. 

 

2. As Olimpíadas da Engenharia “A Economia Circular” são coordenadas pela APEA – Associação Portuguesa de Engenharia do Ambiente. 

3. A Comissão Organizadora das Olimpíadas da Engenharia “A Economia Circular” é constituída por 10 elementos. 

4. A Comissão de Avaliação das Olimpíadas da Engenharia “A Economia Circular” é constituída por 5 elementos. 

 

5. À Comissão Organizadora das Olimpíadas da Engenharia “A Economia Circular” caberá: 

a. Divulgar os termos das Olimpíadas da Engenharia “A Economia Circular”; 

b. Designar a Comissão de Avaliação; 

c. Comunicar os resultados das Olimpíadas da Engenharia “A Economia Circular”; 

d. Divulgar os resultados da 1.ª e 2.ª Eliminatórias. 

 

6. À Comissão de Avaliação das Olimpíadas da Engenharia “A Economia Circular” caberá: 

a. Definir os critérios de avaliação; 

b. Avaliar todas as provas e conteúdos propostos aos grupos em concurso. 

 

7. As Olimpíadas da Engenharia “A Economia Circular” têm como principais objetivos: 

a. Cativar a atenção dos alunos para a importância da Economia Circular; 

b. Aprofundar o conhecimento relativamente a este conceito; 

c. Promover comportamentos sustentáveis; 

d. Incentivar a realização de projetos a nível escolar que contribuam para um desenvolvimento sustentável; 

e. Incentivar o ensino da engenharia. 

 

8. Todos os alunos inscritos nos anos escolares abrangidos são convidados a participar nas Olimpíadas da Engenharia “A Economia Circular” e nenhum pode ser discriminado com base na idade, sexo, crenças religiosas, limitações intelectuais ou motoras, competências específicas ou área de ensino. 

9. As inscrições para as Olimpíadas da Engenharia “A Economia Circular” são realizadas online, através do preenchimento de um formulário no website das Olimpíadas da Engenharia em www.olimpiadasdaengenharia.pt. 

10. Podem participar os alunos de qualquer estabelecimento de ensino secundário oficial (10.º, 11.º e 12.º anos), particular ou de cursos tecnológicos com equivalência em Portugal, desde que procedam à respetiva inscrição. 

11. A Comissão Organizadora disponibilizará, através do website das Olimpíadas da Engenharia as instruções de participação. 

12. Os conteúdos e opções do concurso são da total responsabilidade da APEA. 

 

II - Prova de carácter teórico - 1.ª Eliminatória 

13. A data limite para a realização da prova de carácter teórico será divulgada no website das Olimpíadas da Engenharia. 

14. A prova de carácter teórico é baseada numa avaliação de conhecimentos, realizada online, em grupos de, no mínimo, 2 e, no máximo, 5 alunos, com duração de 60 minutos e supervisão de um professor. Cada professor pode supervisionar mais do que um grupo de alunos. 

Esta prova será composta por questões de escolha múltipla e perguntas de verdadeiro ou falso, podendo existir uma pergunta de resposta aberta.  

15. Serão aprovados para a 2.ª Eliminatória os grupos de alunos cujo resultado obtido na 1.ª Eliminatória seja superior a 10,0/20,0 valores. 

 

III - Prova de componente prática - 2.ª Eliminatória 

16. A data limite para a entrega da prova prática será divulgada no website das Olimpíadas da Engenharia. 

17. A prova de componente prática é concretizada sob a forma de pequenos vídeos digitais criativos sobre o tema da Economia Circular. 

Durante o decorrer da 2.ª Eliminatória podem existir tarefas surpresa que, embora não sejam obrigatórias, valem pontos. 

18. A prova de componente prática é dirigida aos grupos que obtenham aprovação na 1.ª Eliminatória. 

 

IV - Provas 

 

19. As Olimpíadas da Engenharia “A Economia Circular” incluem duas eliminatórias e a possibilidade de provas intermédias que, apesar de não serem obrigatórias, valem pontos.  

20. As Eliminatórias decorrerão no ano letivo 2016/2017. 

21. Serão tornados públicos apenas os nomes das equipas apuradas para a fase seguinte.  

22. Todos os enunciados de provas, cotações e critérios de classificação são definidos pela Comissão Organizadora das Olimpíadas a quem pertence a responsabilidade final. 

 

Tema das provas 

23. Cada fase do concurso abrange temas relacionados com as diversas áreas da engenharia e com a Economia Circular. 

 

Inscrição  

24. O prazo de inscrição nas Olimpíadas da Engenharia é o apresentado no website oficial. A Organização reserva-se o direito de abrir uma 2.ª fase de inscrições. 

25. A inscrição no concurso Olimpíadas da Engenharia é gratuita. 

26. Para efetuar a inscrição, os grupos de alunos devem preencher o formulário que se encontra no website das Olimpíadas. 

27. Após a inscrição, todos os elementos do grupo receberão a confirmação da mesma através de uma mensagem eletrónica enviada pela Comissão Organizadora das Olimpíadas da Engenharia.  

1.ª Eliminatória 

28. A 1.ª Eliminatória consiste numa prova de avaliação, online, constituída por perguntas de escolha múltipla, perguntas de verdadeiro ou falso e, possivelmente, questões abertas. A prova está projetada para um total de 20,0 valores. A cotação das perguntas será divulgada em conjunto com a prova. 

29. A prova deverá ser submetida até à data limite definida no Regulamento. 

30. Os resultados da prova estarão disponíveis no portal das Olimpíadas da Engenharia. 

31. Serão admitidos à 2.ª Eliminatória os grupos com classificação superior a 10,0/20,0 valores. 

 

2.ª Eliminatória 

32. A 2.ª Eliminatória será realizada pelos concorrentes apurados, na prova de carácter teórico, de acordo com os critérios descritos anteriormente. 

33. Se um grupo selecionado desistir ou não puder participar na 2.ª Eliminatória deverá notificar a Comissão Organizadora. 

34. A 2.ª Eliminatória inclui a componente prática, concretizada sob a forma de pequenos vídeos digitais sobre o tema da Economia Circular. O formato do vídeo será livre e os grupos deverão abordar o tema proposto de forma criativa.  

35. Os vídeos terão uma duração máxima de 2 minutos. Cada grupo deverá efetuar o envio do seu vídeo para a Comissão Organizadora. 

 

V - Prémios  

36. Prémios a atribuir: os prémios serão divulgados no website das Olimpíadas da Engenharia. 

VI - Autorizações 

37. Os concorrentes devem obter as autorizações que considerarem necessárias para expor e publicar o vídeo, nomeadamente nos casos em que apresentam imagens de pessoas e/ou estabelecimentos em primeiro plano. 

38. Todos os trabalhos devem ser originais sendo os autores responsáveis por eventuais violações de direitos de terceiros, nomeadamente de autor ou de personalidade, e respetivas consequências. 

 

Direitos de autor

 

39. Os concorrentes cedem à Comissão Organizadora os direitos de reprodução (alteração nos espaços de informação para a apresentação do projeto), representação e publicação do vídeo em qualquer suporte e formato. 

 

Obrigações da Comissão Organizadora

 

40. A Comissão Organizadora respeitará o direito moral e os direitos de autor, e zelará pela boa conservação dos trabalhos gráficos, mas recusa quaisquer responsabilidades no caso de extravio, estrago ou perda do trabalho que possam ocorrer anteriormente à sua receção. 

 

VII – Disposições gerais 

41. A participação no concurso implica a plena aceitação das normas do presente Regulamento. 

42. Cabe aos participantes a responsabilidade nas ocorrências durante a participação dos alunos nas deslocações para uma eventual entrega de prémios. 

43. A organização não poderá ser responsabilizada pelo eventual cancelamento, anulação ou alteração deste concurso por motivos de força maior. 

44. Serão excluídos do concurso os trabalhos que contenham termos insultuosos e que ofendam o bom nome de pessoas e/ou instituições. 

45. A Comissão Organizadora divulgará, em todos os locais apropriados, os aspetos considerados relevantes acerca das Olimpíadas da Engenharia “A Economia Circular” e os nomes dos vencedores. 

46. Qualquer questão resultante de omissões ou dúvidas de interpretação do presente Regulamento será resolvida pela Comissão Organizadora, de cuja decisão não cabe recurso. 

47. As decisões da Comissão Organizadora são soberanas, não havendo possibilidade de recurso. 

48. O presente regulamento entra em vigor a 20 de março de 2017.